quarta-feira, 14 de outubro de 2009

STELLA - P30 de Francisco A. Collado


Esse modelo foi campeão na Isaacson Winter Classic (USA) em 2006

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

P30 MAY08 de Miguelangel Ysasi

Está em "vuelos de pruebas" e leva perfil Woberking com 8% e no estabilizador ClarkY com 6%.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Meu Saturno V4

Origem

Alexandre Cruz, depois de faturar o bicampeonato no Nacional Argentino de P30 com seu saturno 3 fez a planta da versão 4 e mandou cortar 4 modelos que foram enviados ao Beto Castrucci para ele fazer a montagem, recebi um desses modelos e no meu quis testar umas coisas um pouco diferentes.

Modificações do projeto original

Utilizei entelagem em mylar aplicada com cola de contato diluída, no estabilizador e fuselagem, na asa utilizei termo adesivo leve fosco no extradorso e liso no intradorso e apliquei um turbulador a 5% da corda.



No nariz coloquei dois pesos de 2g para assim tentar fazer com que a asa pudesse ser colocada mais a vante permitindo mais momento de cauda e terminou a trimagem com exatos 160mm entre o nariz (sem noseblock) e o inicio da base do pilão.


Passei uma demão de epoxi fino por dentro do noseblock e também no noseblock para segurar melhor as pancadas no solo e permitir um ajuste de Trust line mais consistente. Na cauda colei o passador de elásticos original (liteply) que a pesar de estreito funcionou bem, utilizei um parafuso M2 de nylon para ajuste de decalagem e 2 alfinetes como de costume de "porta DT".





O modelo terminou com 61 gramas RTF, 10 gramas de "gordura" que não se justificam para um modelo de competição, mas que deve fazer o modelo mais durável, mais resistente a furos e sobretudo mais rígido.



Trimagem do meu modelo

Logo de inicio percebi que a decalagem estava exagerada, nos lançamentos em planeio o modelo estolava, então fui apertando o parafuso até sobrar somente a cabeça pra fora, e como faltava mais, coloquei duas chapas de 1/32 no BA do estabilizador para obter um planeio consistente.


Nos primeiros testes com motor a 500 voltas já se notava que o trust line estava 0 0 pois o modelo empinava até ficar de dorso e após isso fazer meio roll e com planeio quase sem curva... corrigi o TL lixando menos que 1/32 na parte inferior do nariz e refiz os testes, só que desta vez (pode ter sido uma torção nova na asa devido ao calor extremo de ontem, um washout na asa esquerda) o modelo se comportou "nose down" retirei um calço, e depois o outro calço no BA do estab deixando ainda o parafuso totalmente inserido e o modelo voou lindamente. Subiu quase a 90 graus com 850 voltas de motor, fazendo seus rolls costumeiros e subindo como um Saturno faz, no planeio a curva se intensificou fazendo-o voar quase parado em curva e enfrentando o vento a cada volta por alguns segundos, perfeito!



Como estava preocupado com a trimagem não pude fazer cronometragens e a pesar do dia estar favorável para voos preferi pavios curtos (de 1 a 1,5min de voo) para conseguir "domar" essa fera. Mas o modelo promete sumir de vista nas subidas com 1k voltas de motor novo e lubrificado.



terça-feira, 11 de agosto de 2009

Construção passo a passo do Saturno V4 - Fuselagem e Estabilizador

Continuando a construção, montei os estabilizadores, construção bem tradicional com uma longarina inferior e duas superiores, perfil bem fino, as longarinas praticamente se encostando.

Aproveitei o espaço e montei também os winglets


A fuselagem é uma caixa de varetas, longarinas e transversais cortadas no laser a partir de chapa de 1/8". Utilizei os chapeados frontal e do pino para servir de guia para as longarinas, no mais é ir colando varetinha, que por ser cortada a laser facilita e muito o trabalho. Aproveitei e ao mesmo tempo colei as ponteiras do estabilizador.

Pronta as duas laterais, montei um gabarito para facilitar o enquadramento da caixinha.


E assim ficou mais tranquilo o trabalho de ir colando mais varetinhas, desta vez na vertical.

Com a caixinha pronta, iniciei a cauda, que dá bem mais trabalho que o restante da fuselagem. Colei as duas longarinas superiores que fazem o triangulo de cauda, notem que montei com a parte superior apoiada na mesa.


Colei os pequenos trapézios que compõem o terminador da fuselagem, que é onde vai fixado todo o sistema de determalizador do modelo e o parafuso de regulagem do estabilizador, e também gussets (pequenos triangulos) para facilitar o alinhamento. Por cima disso vão as duas longarinas inferiores.
E por fim, todas as demais varetas que compõem a estrutura.
Vendo agora a cauda do lado correto.

Praticamente toda a estrutura do modelo está terminada, faltando apenas leme, pilão e cone do nariz para completar. Passamos então para a fase do pó, lixa, lixa, lixa e depois lixa mais um pouco. Comecei com a asa, tem que tomar muito cuidado porque o perfil é extra fino.

Construção do Saturno V4, parte 1.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Voando o V4


Voamos em Sumaré.

Alguns vôos com 700 voltas e outros com 1050. Todos máximos exceto por um de 1:54 (700 voltas)

O modelo realmente parece voar mais tempo que o V3 mas apanha muito mais do ar, talvez seja melhor para tempo calmo apenas

Construção passo a passo do Saturno V4

Fiquei sem máquina fotográfica durante a construção dos Saturno V4 #1 e #2, então não tenho documentação da construção dos dois modelos. Mas como foram cortados quatro kits, agora iniciei a construção dos modelos #3 e #4, que pretendo mostrar passo a passo.
Iniciei com as asas, os painéis centrais e dos diedros. A construção é quase convencional, porém um complicador é o undercamber muito pronunciado, mas os tabs das nervuras ajudam e muito nesta hora. Utilizei somente cola branca (Cascorez Extra) nesta etapa.

Inicio prendendo duas nervuras com alfinetes assim como o bordo de fuga e a longarina inferior.

Depois colo as outras nervuras, as das extremidades já coladas nas inclinações dos diedros.


Colei as longarinas superiores e o bordo de ataque


Os dois painéis centrais prontos


O mesmo processo para os painéis das pontas

Painel da ponta pronto


segunda-feira, 13 de julho de 2009

Saturno V4, projeto de Alex Cruz, construido por Beto Castrucci


Esta é a nova versão do Saturno do Alex Cruz, que usamos em Embalse, denominada V4. O Alex me enviou 4 kits para testes de montagem e voo, construi 2 dos kits que estão praticamente prontos para os testes de voo.